Skip to content

Farouk Hosni derrotado na UNESCO

2009/09/24

Esta notícia não está directamente relacionada com os temas habituais deste blogue, mas o ministro da Cultura egípcio Farouk Hosni saiu ontem derrotado da sua candidatura ao cargo de secretário-geral da UNESCO. A candidatura vivia envolta em polémica há meses devido à alegada perseguição de Hosni a intelectuais egípcios e a declarações anti-semitas. O cargo de secretário-geral acabou por ser conquistado pela diplomata búlgara Irina Bokova.

Apesar de Portugal ter apoiado Hosni, Manuel Maria Carrilho, embaixador português na UNESCO, recusou-se a votar nele, o que obrigou o Ministério dos Negócios Estrangeiros a enviar outro representante para participar na votação.

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: