Skip to content

Recordando Michael Jackson (1958-2009)

2009/06/26

“Remember the Time” do álbum “Dangerous” (1992).

O vídeo é óptimo, apesar de jogar com a teoria do afrocentrismo que entre outras coisas postula que os antigos egípcios eram negros e que as suas  realizações civilizacionais foram “roubadas” pelos Gregos, de onde passaram para a Europa que até hoje procura esconder esta “verdade” por uma questão de mero racismo. Diga-se que estas teorias são encaradas como pseudo-história e encontram-se afastadas do “mainstream” da egiptologia.

Eddie Murphy faz de Ramsés e a modelo Iman de Nefertiti (assim sugere a coroa), embora estes não tenham sido um casal real (Ramsés teve como esposa principal Nefertari, enquanto que Nefertiti foi esposa de Akhenaton). As mulheres cobertas com véus que dançam com o Michael por volta de 5:16 são mais projecções de uma visão do Oriente com um local de sensualidade e mistério do que propriamente exemplos de mulheres no Antigo Egipto. O vídeo também transmite a ideia do faraó como um monarca cruel, uma visão que nos foi transmitida em larga medida pela história do Êxodo na Bíblia.

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: